Se eu ficar - Gayle Forman











A última coisa de que Mia se lembra é a música. Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas.
Emocionante! 

Mia, uma jovem violoncelista de 17 anos, é a protagonista deste livro que julguei emocionante. Quando pequena, Mia tinha a ideia de ter sido trocada na maternidade, por não se encaixar em sua família, não apenas em gostos musicais, mas também nas características emocionais e físicas. Mesmo se sentindo deste jeito, todos eram muito unidos e se amavam bastante.

Mia tinha um sonho: se tornar uma grande musicista clássica e ser aceita na Juilliard, mas para isso, ela teria que deixar Adam para trás e se mudar para Nova York. E ela não estava pronta para abrir mão disso. 

Em uma manhã cheia de neve, a família de Mia optou por sair para passear de carro e visitar alguns amigos. Mas o passeio se transformou em uma tragédia. Estranhamente, a única coisa que continuou funcionando foi o rádio e, foi nisso que Mia se prendeu, na Sonata de Beethoven que ela ainda escutava. Quando olhou para si, continuava intacta, do mesmo modo que saíra de casa. Mas quando olhou em volta, se deu conta do que havia ocorrido. 



E foi assim que Mia compreendeu que não estava morta, mas que estava fora de seu corpo e que estava destinada a absorver o impacto deste desastre sozinha. Mia acompanhou todo o processo do acidente, desde a ida ao hospital, como cirurgias e a chegada dos seus parentes e amigos ao hospital. 



Mia se encontra em um dilema sobre o que fazer da sua vida: voltar e seguir em frente, encarando todas as sequelas da tragédia ou desistir de viver, algo que fosse a saída mais “fácil”. Seus parentes, Kim, sua melhor amiga e Adam, queriam que ela ficasse... Mas será que ela queria ficar?





A obra em si é incrível, tanto seu projeto gráfico, como diagramação estão de parabéns. Possui capítulos curtos, o que aprecio bastante e, ao final da história, somos presenteados com entrevistas com os atores que interpretarão Mia e Adam nos cinemas!



Não sabia que se tratava de uma duologia e as últimas linhas foram tão significativas que fiquei com medo da história não ter uma continuação. Mas tem e parece que será lançada ainda esse ano! Por fim, só posso dizer, rendam-se a essa história de amor, permeada por muitos dramas pessoais, e descubram os limites da vida e da morte.

"Num dos cantos da UTI, em meio ao silêncio, começo a pensar de verdade sobre todas as coisas terríveis que venho ignorando até agora. Como seria se eu decidisse ficar? (...) Não estou certa de que este é o mundo ao qual pertenço. Não tenho certeza se quero acordar."

* O filme estreia no dia 04/09/2014, assista ao trailer!



4 comentários:

  1. Fernando, devo admitir: estou LOUCA para ler o livro e ver esse filme! Infelizmente minha pilha de livros ainda está enorme, então vai demorar ainda té que eu compre. Sua recomendação só aumentou minha ansiedade!

    Beijos,
    http://misssorrisos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu estou vendo muitas resenhas positivas desse livro, o que me deixa bastante intrigada para ler e tirar minhas ´próprias conclusões, a editora caprichou na capa e propaganda da obra. Estou necessitando do livro.
    beijoos
    http://garotaliterary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Fê! Estou lendo o livro agora e estou amando demais..
    Mal posso esperar pelo filme <3

    Beijo grande.

    Thati;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
  4. Oi Fernando !!
    Já queria ler só porque fala de música, e , agora lendo sua resenha já o coloquei em minha lista. Na verdade coloquei tantos , que vou ler até 2018, rsrsrs,
    Beijos,

    www.serdeletras.com

    ResponderExcluir