A Escola do Bem e do Mal - Soman Chainani











No povoado de Gavaldon, a cada quatro anos, dois adolescentes somem misteriosamente há mais de dois séculos. Os pais trancam e protegem seus filhos, apavorados com o possível sequestro, que acontece segundo uma antiga lenda: os jovens desaparecidos são levados para a Escola do Bem e do Mal, onde estudam para se tornar os heróis e os vilões das histórias. Sophie torce para ser uma das escolhidas e admitida na Escola do Bem. Com seu vestido cor-de-rosa e sapatos de cristal, ela sonha em se tornar uma princesa. Sua melhor amiga, Agatha, porém, não se conforma como uma cidade inteira pode acreditar em tanta baboseira. Ela é o oposto da amiga, que, mesmo assim, é a única que a entende. O destino, no entanto, prega uma peça nas duas, que iniciam uma aventura que dará pistas sobre quem elas realmente são. Este best-seller é o primeiro livro de uma trilogia que mostra uma jornada épica em um mundo novo e deslumbrante, no qual a única saída para fugir das lendas sobre contos de fadas e histórias encantadas é viver intensamente uma delas.



A história se passa em um povoado chamado Gavaldon, onde a cada quatro anos, na décima primeira noite do décimo primeiro mês, dois adolescentes somem misteriosamente. A população tem medo desses acontecimentos, pois os mesmos ocorrem há mais de 200 anos, portanto, os pais trancam seus filhos, na tentativa de protege-los, na noite anterior ao evento. Mas isso tudo por causa de uma lenda: os jovens desaparecidos são levados para a Escola do Bem e do Mal, onde estudam para se tornar heróis ou vilões dos contos de fada. 



As personagens principais são duas meninas: Sophie, que almeja ser admitida na Escola do Bem e possui como um de seus maiores sonhos, se tornar uma princesa. Já a sua melhor amiga, Agatha, não acredita em contos de fada e tem a certeza de que tudo não passa de uma lenda. 



Agora vamos entender mais sobre a obra? Como é uma trilogia de gênero fantasioso, nós sabemos que é necessário uma inserção do leitor neste mundo criado pelo autor. Algumas pessoas acham isso chato e, de fato é, mas é extremamente necessário para o desenvolvimento da história. O autor acertou em cheio quando culminou a lenda da Escola do Bem e do Mal aos personagens já conhecidos pela sociedade nos contos de fada. 










Sophie e Agatha por serem totalmente diferentes, acabam se dando bem. O que achei bastante importante no livro, foi que podemos ver o ponto de vista de ambas as personagens. Sophie é um pouco irritante pelo fato de ser supérflua. Enquanto Agatha nos encanta do começo ao fim. Encerrando, o livro é bastante divertido, com bastante ação e criaturas incríveis. Se você é adepto das histórias de contos de fadas, disney, etc, eu recomendo a leitura! E mesmo você não sendo muito fã desse universo todo (que é o meu caso), acredito que vale a pena ler o livro, afinal, ele é muito divertido e serve para passar o tempo quando você quer uma leitura bem leve. Sem falar que a escrita do autor é fluída e a diagramação está impecável.
 

































E a editora ainda me mandou essa carta antes de eu receber o livro! Obrigado Editora Autêntica. Espero que tenham gostado da resenha! Abraços.

3 comentários:

  1. Oi Fê, tudo bom? Adorei saber mais sobre o livro... A capa é meio clichê e por isso não tinha chamado muito a minha intenção..
    Adorei as ilustrações e a atenção da editora com você <3

    Beijinhos,

    Thati;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
  2. Que livro lindo :O Tem livro que a gente se apaixona mais pela edição do que pela história, kkkkk. Mas a história dele parece ser bem legal! Já entrou pra minha wishlist!

    Abraços
    Marlon - http://viva1livro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Fernando. Adorei a resenha. Estou louca por esse livro. Sou apaixonada por histórias que misturam os contos de fadas já conhecidos com detalhes novos! :D Bjoks da Gica.

    umaleitoraaquariana.blogspot.com

    ResponderExcluir