A PLAYLIST DE HAYDEN - MICHELLE FALKOFF



Olá, leitores. Beleza? Hoje tem resenha do livro A Playlist de Hayden, cedido em parceria com a Editora Novo Conceito. Espero que gostem! 
Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente. Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava. A Playlist de Hayden é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil.
Eu sempre gostei de livros que tratam assuntos como: bullying, suicídio e auto-confiança. Mas calma, não pense que eu sou um suicida. É que eu gosto de ver como os personagens lidam com isso e como eles “passam por cima”. Vamos conhecer mais sobre o livro?

A Playlist de Hayden foi o primeiro livro da autora Michelle Falkoff. E ela o fez com maestria. Abordando assuntos que são complicados e que devem ser tratados cuidadosamente. 



A história se passa aos olhares de Sam e já nos primeiros capítulos/sinopse somos informados de que Hayden cometeu suicídio e que a única coisa que deixara fora um pendrive com uma playlist para Sam. 

Para Sam. Ouça. Você vai entender. 



Sam, de início, já mostra que sua amizade com Hayden era forte e que se sente culpado por tudo que aconteceu. Ambos não eram populares, estavam mais para o lado “geek”. O que é um fator interessante no livro, pois vemos bastante esse mundo fantástico. Hayden e Sam sofriam bullying de um grupo de meninos mais velhos, cujo um dos integrantes era o irmão de Hayden. Além de sofrer represálias da parte dos pais, Hayden apresentava dificuldade em aprender, o que tornava sua vida muito mais difícil. 
“Não julgue só porque eles curtem coisas diferentes das que você gosta. Vou te dizer a mesma coisa que falei para o Hayden: aposto que você tem mais em comum com alguns deles do que imagina.” 


Com o decorrer da história, podemos perceber o quanto Sam se sente confuso com tudo isso. Além de que, ele começa a desconfiar de que não conhece tão bem o seu amigo. Mas o que levou Hayden a fazer isso? Só lendo o livro para entender. 
A solidão é um fardo que se torna cada vez mais pesado com o tempo…
Cada capítulo do livro consta uma música da Playlist que é relacionada diretamente com a história no momento. A Playlist em si nos mostra um universo geek divertido e memorável. Se fazendo essencial na história. Outros personagens aparecem durante o livro: Astrid, Ryan, entre outros. Todos eles terão papéis importantíssimos na descoberta da trama e no decorrer do livro. 




A escrita da autora é bastante fluída. Tão fluída que li o livro em dois dias. A diagramação está impecável e a capa também. O livro me gerou muitas emoções, porque como dito no começo desta resenha, eu curto bastante este tema. Não conseguia parar de ler com uma curiosidade imensa de descobrir o final.

Por fim, posso afirmar que amei o livro e que recomendo para todos. Podemos tirar ensinamentos muito bons dele.

Leia o livro. Você vai entender.







9 comentários:

  1. Oláá! Bom, li várias resenhas desse livro e ele me deixou bem curiosa! A morte de um melhor amigo deve ser bem ruim, eu por exemplo, acho que seria um impacto muito profundo! E ainda mais ela morrer de suicídio :/ Que bad. A capa do livro é linda e pretendo ler ele ainda esse ano hehe :D Adorei sua resenha!

    Beijão da Lari <3
    Brilliant Diamond | Fan Page | Twitter

    ResponderExcluir
  2. Esse livro é maravilhoso, entrou para os meus favoritos.

    ResponderExcluir
  3. Olá :) Adorei a sua resenha!!! :D Já li outras resenhas sobre esse livro, todas foram positivas, :D acredito que trata-se de um livro maravilhoso, gostei muito da proposta da obra, possui um assunto muito importante, retrata a realidade de muitas pessoas, o livro de ser tocante. :')
    Achei super legal e diferente a utilização da playlist. :D Abraço! *-*
    Blog: http://my-stories-wonderful-books.blogspot.com.br/
    Página: https://www.facebook.com/BlogWonderfulBooks

    ResponderExcluir
  4. Li varias resenhas positivas a esse livro e estou louca pra lê-lo, fico contente de saber que o livro flui bem.

    ResponderExcluir
  5. Olha primeiramente tenho que te parabenizar pela sua resenha do livro, porque ficou um ESPETÁCULO na minha opinião. Eu nunca vi alguém desenvolver tão bem assim. Você escreve muito bem. PARABÉNS viu? Adorei a maneira como você falou do livro sem dar spoilers. Eu ainda não li e nem sei se irei ler, porque eu sou uma pessoa que se impressiona muito fácil e não é um tema que tenho costume de ler, mas eu PRECISO conhecer como é. Mas sabe quando bate aquele receio? Aquele medo? Pois é...isso que estou sentindo no atual momento por mais lindo que todos dizem que esse livro é. Espero poder gostar se eu tiver chance de ler ele ainda. Mas mesmo assim estou pensando duas vezes antes de pega-lo. Mas uma coisa é certa, amei a diagramação desse livro. Está maravilhosa né? Enfim...

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/06/resenha-herdeira.html

    ResponderExcluir
  6. Oi Fernando, tudo bem?

    Gostei bastante da sua resenha, eu sou como você, gosto de livros com esses temas de suícidio e bullying. Acho bem interessante a ideia da playlist, de através dela o Sam entender o que levou Hayden a cometer suicídio, embora já tenha lido várias resenhas que falam que não tem nada a ver. Mas enfim, tenho bastante vontade de ler esse livro.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  7. Oi, como vai?
    Eu também gostei muito do livro e não entendi como algumas pessoas não gostaram, mas gosto é gosto né.
    Apesar de ter achado a playlist um tanto distante da história em si, ela é incrível, só com música maravilhosa, eu me apaixonei hahahahahaha
    Fico feliz em saber que gostou do livro e já quero que a autora escreve outros.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  8. Olá, Fernando, tudo bom? Infelizmente, não gostei 1/4 do que tu gostou. E é uma pena mesmo. Achei a história super mal explorada e as músicas sem nenhum sentido para com a história.
    Mas fico feliz que ela tenha te propiciado emoções! Beijos,
    http://www.entreleitores.com/

    ResponderExcluir
  9. Oie! Também é um estilo de livro que eu adoro e por isso estou mega curiosa para ler esse livro. Vi comentários bem diversificados sobre ele, mas creio que vou gostar.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir