OS REIS - JULIO CORTÁZAR


Mais uma resenha em parceria com o Grupo Editorial Record (Selo Civilização Brasileira). Espero que gostem! 

Sempre tive muita vontade de ler algo de Julio Cortázar, então por que não começar pela primeira obra publicada por ele? (Para quem não sabe, este foi o primeiro livro que Cortázar assinou com seu próprio nome, antes, ele publicou com o pseudônimo de Julio Denis). Li o livro duas vezes para conseguir extrair a beleza de suas palavras. Foi algo totalmente diferente para mim, mas gostei bastante. 



O livro é uma junção de poema dramático e peça, como diz na sinopse. Temos a história do Minotauro, mas não como conhecemos. Ela é abordada de uma forma completamente diferente. Em vez de ser um monstro cruel, a criatura se mostra dócil, inteligente, poeta. Porém, triste pelo fato de viver preso em sua própria maldição. Teseu se mostra bastante forte na história, haja vista que, fora designado à matar tal besta. 

“Teseu, o herói, é um indivíduo sem imaginação, que está ali com uma espada na mão para matar os monstros que são a exceção ao convencional. O Minotauro é o poeta, o ser diferente dos outros. Por isso o encerraram, porque representa um perigo para a ordem estabelecida.” 



Durante a história, encontramos diálogos entre Ariadne e Teseu e entre Teseu e Rei Minos. Por mais que a história seja curta, são apresentados personagens bem construídos. Rei Minos, frustrado por não conseguir matar a criatura que tanto odeia. O medo de Minotauro e a paixão de Ariadne também são pontos fortes. 

“Não diga isso. Saber uma coisa não é como escutá-la. Saber sem palavras, a própria coisa aderida ao coração, abriga-nos de sua imagem como um escudo.” - Diz Ariadne. 

A edição do livro está impecável. A capa chama bastante atenção e os mínimos detalhes se sobressaem. A diagramação nem se fala. Cada diálogo é premeditado por quem o diz. Por fim, páginas amareladas e fonte de bom tamanho.


“Olha, só há um meio para matar os monstros: aceitá-los.” 

Afirmo que gostei demais do livro. É sempre bom você sair da sua área de conforto e buscar coisas novas que te surpreenderão. Vou ler outras coisas do autor, com toda certeza. Fica a dica, ein? 

Até a próxima!


0 comentários:

Postar um comentário